2005/07/11

"DESPERTARES"

É um título de um filme da final da década de 80, que conta com o Robin Williams no papel principal, um neurologista que encontra uma nova droga que faz acordar de uma vida vegetativa uma série de pacientes internados ad aeternum num asilo. É um filme tão belo que faz chorar, porque opõe o sonho à realidade, o desejo à prática.

Lembrei-me deste filme nem sei porquê... talvez porque tenho andado em brainstorming ultimamente, a reflectir sobre a vida e a tomar decisões que me vão alterar para todo o sempre. Mudar de emprego, de casa e inclusive de país, isto já para não referir o facto de estar a viver uma nova relação em tudo diferente daquilo que já vivi.

Até este momento o filme continua a não ter ligação com as restantes palavras... o filme só ficará contextualizado ao nível de título, nada mais. Tenho andado a despertar em mim sonhos antigos e a limpar-lhes o pó. Cada vez mais nos imagino, daqui a uns anos, tu a pintares e eu a escrever, num silêncio pleno de cumplicidade.

E também porque descobri a derradeira vontade de mostrar ao mundo o quanto estou bem. Ontem comecei por falar com a minha mãe e dei-lhe todos os sinais de que a minha ia mudar, depois tive uma conversa como nunca tive com a minha irmã.

O engraçado é quando olho para tudo penso que nunca a minha vida andou tão bem encaixada nos eixos, sem dificuldades de maior... isto quase que me levaria a tecer considerações sobre o tema "destino" e/ou "livre-arbítrio", mas ficará paa outro dia.

Existem despertares repentinos e eu só sei que não quero adormecer de novo!

5 Comentários:

Blogger SalsolaKali disse...

Pois voa então...
Boa sorte para esse teu despertar e recomeço.
:)
BJ SK

12/7/05 00:46  
Blogger AlmaAzul disse...

Somos tão selectivos,felizmente ;)
*azul

12/7/05 02:55  
Blogger Pequenos Nadas disse...

desperta então....

12/7/05 14:35  
Blogger mar disse...

beijos moça e... voa!

12/7/05 15:25  
Blogger mfc disse...

Vi esse filme...é uma delícia!
E posso confessar... chorei e muito!

12/7/05 22:44  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial