2005/03/18

TEMPO

No seguimento da conversa anterior, começámos a falar do aniversário dela que está para breve. Dúvida minha: “Quando nos conhecemos tu tinhas 30 anos, certo?”, resposta dela: “Não, já tinha 31!”. Eu: “31?? Não! Então se vais fazer agora 34… namoramos há quase 4 anos, logo tinhas 30!”, ela: “Tinha?! Ai… E tu tinhas quantos? 23?”, Eu: “Não, 22!”. Começámos a rir com a conversa, parecíamos duas velhas desdentadas e de bengala na mão, já sem tino nenhum.



Conclusão: o tempo passa muito depressa e a sensação é que nos conhecemos desde sempre… :)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial