2005/02/24

ARREPENDIMENTO(S)

Temos sempre daqueles momentos em que "passamos os olhos" pelo passado. Geralmente faço-o sempre utilizando a cabeça e muito pouco o coração - eis o expoente máximo da minha racionalidade: apenas olhar o passado com a mesma!

Eu tenho um problema com o passado e com a memória. Como não uso agenda tenho de usar muito a cabeça e, a falta de espaço, obriga-me a um reset involuntário de muitas coisas... O curioso é que o faço sempre em relação ao que mais negativo aconteceu.

O resultado acaba por ser que, olhando para trás, recordo com muita facilidade os bons momentos e com dificuldade os maus! Freud certamente teria uma teoria qualquer, mas eu não alinho na psicanálise...

Depois coloco-me sempre a questão: "arrependes-te de algo?". E a minha resposta, invariavelmente, é: "não, só me arrependo do que não fiz e, se voltasse atrás, faria tudo exactamente da mesma forma".

A dúvida instala-se: não me arrependo porque tenho problemas de memória e sou uma tola optimista ou porque realmente não tenho motivos para o fazer?!?!?!?!

4 Comentários:

Blogger SalsolaKali disse...

Para quê guardar os maus momentos? Acho que eles já nos marcam o suficiente quando passamos por eles.
Confesso que guardo alguns, talvez os mais marcantes, episodicamente, mas lembro-me mais facilmente e pormenorizadamente dos bons momentos do que dos maus.
E pessoalmente, acho que só nos arrependemos do que achamos que foi mal feito e temos consciência disso (se bem que por vezes também não me arrependa desses...)
:)

24/2/05 19:36  
Blogger Label This! disse...

Só não me arrependo de nada porque foram os erros, os momentos menos bons que fizeram de mim a pessoa que sou hoje. ;)

24/2/05 22:58  
Anonymous Anónimo disse...

se usassemos a frase "ahhh se o arrendimento matasse!" serias eterna. :)

eu por vezes nao me orgulho de uma quantidade de coisas que fiz e não me arrependo de as ter feito, e provavelmente voltaria a fazer da mesma forma.

costumo usar uma frase que me ajuda a avaliar uma quantidade de coisas.

"nao interessa onde vais, por onde vais, como vais nem com quem vais, mas se vais feliz, então não podes estar errado"

a ana do 2º esquerdo
(ena, tantas letras!)

25/2/05 10:19  
Blogger Label This! disse...

Muitas letras, sim, mas de conteúdo bem interessante! ;)

25/2/05 11:11  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial