2005/03/11

POST POLÉMICO

Dos tempos de Faculdade tenho saudades de algumas cadeiras que tive no meu 2º curso (that´s a very long story...): Matrizes Culturais Europeias, Multilinguísmo e Multiculturalismo e Filosofia Social e Cultural.

A aprendizagem que tive dessas aulas foram basilares e permitiram-me descobrir a teoria que existe por detrás da não-prática de muitos actos que temos diariamente. Aprender conceitos sobre globalização VS multiculturalismo foram essenciais para aquilo que sou hoje, admito. Até acho que se devia explicar isto na escola primária! Teríamos cidadãos melhores!

Perceber que, no dia-a-dia, nos devemos despir dos nossos conceitos culturais e civilizacionais para entender os outros, é urgente. Entender algumas coisas que a nós, europeus judaíco-cristãos, nos choca é importantíssimo! Porque é que hei-de submeter o meu semelhante à minha verdade?!

Foi esse sempre o erro da Humanidade, não fomos capazes de respeitar povos e civilizações, exterminámos populações, subjugámos culturas em prol da nossa...

Desde o 11 de Setembro e o 11 de Março que estas realidades nos entram casa a dentro (já entravam antes, mas não pensávamos muito no assunto). A razão não reside em nenhum dos lados. Foi perdida na altura em que se começou a violência da opressão dos povos.

E o que me choca é que o mundo ocidental insiste em não aprender com os erros! Afinal a burka vestimo-la todos, porque prosseguimos na nossa vidinha achando que os outros povos são inferiores aos nossos, porque achamos que podemos continuar a devastar a Amazónia e a aniquilar os índios, porque achamos que o petróleo é um bem necessário e, logo, internacionalizamos os países onde ele está.

Eu sou culpada, porque cada vez que atesto o depósito estou a dar razão às políticas do Bush. Eu sou culpada, porque ainda não fui suficientemente forte para conseguir entender os que defendem o Corão.

Afinal o que é a verdade?!

Nesta questão liberdade e verdade tocam o mesmo ritmo e terminam quando toca o meu semelhante!

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial