2005/02/14

DECISÕES

Depois de quase 11 anos, ontem decidi-me a deixar de fumar. E foi algo até natural: parei num café para beber um café (adoro estas redundâncias!) e levei dinheiro para pagar e comprar um maço de cigarros.

Quando parei em frente à máquina vi logo que o preço tinha aumentado e pensei: "Bolas! Já nem viciada posso ser!". Nesse minuto decidi: "Vou deixar de fumar! Estou farta de dar rios de dinheiro ao Estado com o tabaco que fumo!".

Caricato, não é? Nem foi pela saúde, foi pelo aumento do preço! Tenho que rever a minha lista de prioridades e com urgência!

Entretanto, solenemente, ontem à noite anunciei à N(amorada): "Este é o meu último cigarro. Vou deixar de fumar!". Acho que essa foi a prenda do Dia dos Namorados que ela aguardava... Passava a vida a queixar-se que eu fumava em excesso...

Hoje ainda estou para aqui toda decidida, apesar de estar doida pra fumar um cigarro! Aproveitei a deixa para reduzir a cafeína e tenho o cérebro, litealmente, a boiar em água!!! De vez em quando sinto uma tremura ou outra e parece que estou meia adormecida... Sem dúvida sensações estranhas!!!

Já lá vão 15H sem fumar!

2 Comentários:

Blogger P. disse...

Essa do deixar de fumar é corajosa. Muito corajosa :) Pode ser que agora, nas mudanças, arranje coragem (já que não arranjei quando comprei a preços novos). Quanto às mudanças, afinal são 3 lances de escada. Ufff!
E ficas convidada para a inauguração. Afinal tens uns pulmões praticamente novos... e podes carregar algumas coisas. lol

beijinhos***

14/2/05 13:29  
Blogger Label This! disse...

Ai P.! Estou aqui que nem posso! Depois do almoço o bendito café e os dedos já à procura de um maço que não existe...
Mas olha que pulmões novos também são bons para mudanças... não precisas de ajuda? ;)

14/2/05 14:41  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial